Energia Solar Residencial




A questão energética tem sido um problema que assombra a humanidade desde o último século. Mesmo o temor da falta de energia pode gerar grandes crises econômicas, mas o que mais e mais pessoas estão se dando conta é que há uma fonte de energia infinita que está disponível a nós, renovável e totalmente natural: a Energia Solar. Embora o Governo Brasileiro ainda esteja relutante em alterar sua matriz energética, é possível que o consumidor individual aproveite a energia do sol diretamente, através da energia solar residencial.

Energia solar residencial aproveitada através de painéis solares fotovoltáicos

Energia solar residencial aproveitada através de painéis solares fotovoltáicos

Existem várias formas de aproveitar a energia do sol, desde as mais práticas, como os painéis fotovoltaicos, que transformam a luz do sol em energia elétrica até as mais subjetivas, como o aproveitamento da iluminação natural para tornar os ambientes mais iluminados. Para quem deseja construir um projeto residencial do zero, é possível aproveitar exponencialmente a energia do sol em sua residência, mas mesmo que já tenha casa ou apartamento consolidado, é possível obter uma maior eficiência através de pequenas medidas.

Veja agora alguns dos principais tipos de aproveitamento solar que você pode fazer na sua residência:

Painéis fotovoltaicos

O sistema fotovoltaico é o que primeiro vem a cabeça quando se menciona energia solar. Ele consiste em transformar a luz solar, que é carregada de energia, em corrente elétrica, através de reações químicas que acontecem em placas solares, gerando assim energia elétrica. Este produto é constituído por diversas células fotovoltaicas. Quando a luz solar atinge essas células as mesmas trabalham de uma forma rápida e praticamente instantânea para a produção de energia elétrica.

Placas solares sobre o telhado de residência

Placas solares sobre o telhado de residência

Além dos painéis, que ficam normalmente instalados em zonas favoráveis à captação da energia solar – como por exemplo nos tetos das residências, o fotovoltaico também possui um sistema de armazenamento, afinal vai ser necessário “guardar” alguma reserva para os dias sem sol.

Lembrando que se você quiser optar por qualquer um desses modelos de sistemas que visam o aproveitamento da energia solar para bens utilizados nas residências, o melhor a fazer é procurar a ajuda de um especialista para te orientar sobre qual o melhor modelo a construir e se a sua região é boa para tal investimento.

Aquecedores Solares

Um sistema básico de aquecimento de água através da energia solar é feito através de duas peças essenciais: as placas solares e o reservatório térmico. As placas solares, também conhecidas por placas coletoras, são responsáveis, tal como o nome indica, pela captação e absorção da radiação solar. Após essas peças receberem as radiações solares o calor é transferido para a água que circula dentro de tubos de cobre, saindo, por isso, aquecida.

Placas para aquecedor solar residencial

Placas para aquecedor solar residencial

Já o reservatório térmico, também chamado de Boiler, serve justamente para armazenar a água aquecida previamente, afinal a residência precisa de algum armazenamento para ter sempre a água aquecida disponível.

Esse sistema é muito vantajoso visto que oferece aos moradores água quente através de uma fonte natura – o sol – economizando assim na energia elétrica.

Iluminação Natural

É um conceito muito presente nas escolas de arquitetura, mas que poucos clientes se preocupam em exigir do arquiteto na hora de projetar a sua residência. A iluminação natural consiste em aproveitar a luminosidade do dia para iluminar ambientes. Essa iluminação pode ocorrer de diversas formas diferentes, como a entrada pelas janelas, ou mesmo por claraboias no teto.

Iluminação Natural natural residencial aproveitada através de amplos planos de vidro

Iluminação Natural natural residencial aproveitada através de amplos planos de vidro

Acontece que o arquiteto é um profissional capacitado para prever as interações solares com o ambiente, e fazer um projeto de iluminação natural residencial, mas é necessário que o cliente esteja aberto a discutir essa possibilidade, que pode resultar em alguns custos extras no projeto, como o uso de esquadrias maiores, e maiores planos de vidro, além de coberturas e forro diferenciado que possibilitem a entrada de luz solar no ambiente por cima.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

3 respostas para “Energia Solar Residencial”

  1. […] Em pleno século XXI é impossível ainda se pensar no desperdício, principalmente nos tempos de hoje, em que a escassez de recursos naturais começa a ser notada – como no caso da água, por exemplo – fica cada vez mais evidente que nós, seres humanos, precisamos de outros meios para sobreviver. Junto com a preocupação com sustentabilidade tem surgido várias formas e produtos que prometem nos ajudar nessa tarefa. Um desses produtos são os kits de energia solar, que, tal como o nome indica, visam o aproveitamento da energia solar para diversos fins, inclusive para o meio residencial. […]

  2. […] gerar energia elétrica residencial, o usuário pode se valer de painéis solares, ou de um sistema eólico, embora esse último seja […]

  3. Angelo Giacomeli disse:

    Numa superfície de 200 m² de garagem de um prédio, qual o custo de instalação dos painéis para geração de energia e o tempo p/ retorno financeiro, disponibilizando o excesso para a rede externa ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *